Quando falamos em café especial, sempre pensamos naqueles cafés com os aromas e sabores mais exóticos, com abundância de corpo, acidez equilibrada e com alta pontuação na tabela de cafés especiais.
Porém, vale ressaltar que todo café que teve um cuidado e carinho na hora de ser produzido é especial!

Então, se seu produto já é produzido com dedicação como fazê-lo ser especial também na tabela de cafés especiais? 

Primeiramente é essencial saber que são considerados cafés especiais aqueles que possuem pontuação maior que 80 pontos na escala de pontuações SCA (Specialty Coffee Association), que apresentam doçura, corpo, sabores interessantes, acidez equilibrada, entre outros atributos. 

Muitas vezes por logística da propriedade o produtor precisa colher seu café no ponto de maturação mais precoce, quando ele se encontra ainda verde no pé e fica sempre preocupado com o resultado que isso pode trazer para a xícara. Mas, se tratado da forma correta e sabendo controlar as variáveis, cafés verdes podem trazer sabores sensacionais!

Vamos então colocar em tópicos o que pode ser feito para transformar o café verde em especial:

Mapeie seus talhões

Antes de qualquer coisa, mapeie seus talhões e verifique quais já possuem qualidade no pé, com os frutos e microbiotas mais sadios, que apresentaram um melhor resultado nos anos anteriores pois provavelmente a chance de pontuar como especial é maior.

Colheita

Cuide do processo de colheita para que os frutos verdes sejam colhidos no estágio de granação completo, isso evita que depois de torrados apareçam sabores de adstringência na bebida.

Processamento

Analise o tipo de processamento que seu café vai ter, cafés verdes ao contrário do que muitas pessoas imaginam, podem responder muito bem à processos de fermentação induzidos.

Microclima

O seu microclima é de suma importância, pois microbiota sadia e rica são ingredientes essenciais para contribuírem positivamente nos processos de pós-colheita.

Tempo de secagem

O tempo de secagem é super importante! Quanto mais lentamente conseguir fazer a seca nos primeiros dias, mais os microrganismos poderão atuar na camada de café.

Camada grossa

A secagem em camada grossa pode fermentar seu café e atribuir notas sensoriais diferenciadas, só tome cuidado com o aspecto pois cafés fermentados tendem a ter um aspecto diferenciado que não são bem aceitos em mercados físicos tradicionais, direcione esse processo para compradores que sabem valorizar a qualidade da bebida!

Armazenamento

Tenha um lugar seguro e de confiança para armazenar seu café, pois é necessário que ele fique em um local seco, sem presença de sol, e separado dos demais cafés para que não misture e tenha outro resultado, vale lembrar também que não é interessante que o café fique armazenado por muito tempo pois ele perderá características sensoriais.

Agora que te apresentamos os princípios básicos para produzir um café com pontuações elevadas,  é importante sempre lembrar que antes de tudo escolha um talhão saudável que apresente qualidade desde a planta.

Preste atenção nos processos para que não haja presença de defeitos na bebida. Entenda seu clima, planeje o pós colheita e cuide da armazenagem.

Continue produzindo cafés especiais com amor e com nuances preciosas, cafés pontuados como especiais dependem muito da atitude do produtor, então bora começar!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *